Abelhas, apicultura, colméias, mél, própolis, apiários, néctar, pólen

Home
Anatomia

Espécies
Reprodução
Néctar e pólen
A comunidade
Apiário
Manejo

Lendas

Raças de abelhas

Apitoxina

Alimentação

Produção
Ataques
Abelhas sem ferrão
Artigos
Curiosidades
Fotos

Risco do ataque de abelhas

Nem Todas São Domesticáveis

As abelhas pertencem a ordem dos Himenópteros, da qual também fazem parte as formigas e as vespas. Existem abelhas de muita espécies; nem todas são sociais ou seja, nem todas vivem em colônias.
Ao contrário do que se pensa, a maioria delas se compõe de abelhas solitárias, que constroem seu ninho em ocos de árvores ou embaixo da terra. Já as abelhas sociais vivem juntas em grandes colônias de indivíduos e seus ninhos são chamados colmeias.
O corpo de um desses indivíduos que raramente ultrapassa 3,75 cm de comprimento é constituído de três partes: cabeça, tórax e abdômen. No tórax encontram-se dois pares de asas e três pares de pernas. As fêmeas possuem um ovopositor na extremidade do abdômen, que é utilizado para depositar os ovos e contém um ferrão para picar os inimigos.
Só as abelhas sociais são domesticáveis e destas a Apis mellifera é a espécie mais utilizada na produção comercial de mel, juntamente com as subespécies carnica (abelha cárnica) remipes (abelha caucásica), ligustica e aurea (duas variedades de abelhas italianas) e adansonii (abelha africana).

GENERALIDADES

Abelhas (Apis mellifera) são insetos himenópteros (com 2 pares de asas membranosas) que polinizam as plantas, produzem mel ... e também picadas mortais.

 Há cerca de 20.000 espécies de abelhas no mundo. O seu tamanho varia de 2 mm a 4 cm. Algumas são pretas ou cinzas, mas há as de cor amarela brilhante, vermelhas e verdes ou azuis metálicas.

As abelhas africanas ou "abelhas assassinas", descendem das Sul-Africanas, importadas em 1956 por cientistas brasileiros, com vistas à melhoria da produção de mel e, desde então, vem se cruzando com as abelhas europeias.

Em virtude de um acidente ocorrido em São Paulo (1957) --- quando alguns enxames escaparam das colmeias --- grande área do Brasil é hoje povoada pela abelha africana, de extraordinária produtividade, mas também de grande agressividade. Sua marcha para o Norte do Continente, há muito inquieta os criadores dos EUA.

PERIGO CONSTANTE

ab4.jpg

Trate as abelhas como você faria com qualquer outro animal venenoso, tal como uma cobra ou escorpião. Esteja alerta e afaste-se !

Você já imaginou o desespero de um tratorista, ao ser atacado por um enxame, ao desmatar uma certa área ? Ou um agricultor, no topo de uma escada, colhendo frutos num laranjal ?

As ocorrências relacionadas a enxames representam 33% das chamadas ao Corpo de Bombeiros de Recife-PE mas, segundo o Oficial informante (dado coletado na Internet), dos 15 a 20 registros diários, só 2 ou 3 envolvem ataque a pessoas.

No Brasil já houve casos de pessoas atendidas em Hospital, com mais de 500 (quinhentas) picadas de abelhas.

Caso você seja picado por mais de 15 (quinze) abelhas, ou se sentir qualquer sintoma além de dor e inflamação nos locais das picadas, procure auxílio médico imediatamente. Enquanto numa pessoa a picada provoca apenas dor e inchaço, em outras pode desencadear o choque anafilático, com parada cardíaca e morte (pessoas alérgicas).

CONHEÇA OS HÁBITOS DAS ABELHAS

Conhecer sobre este inseto e tomar certos cuidados, pode reduzir o risco de ser picado.

 A abelha africana (ou africanizada) é muito parecida com a abelha europeia, usada como polinizadora na agricultura e para produção de mel. Os dois tipos têm a mesma aparência e seu comportamento é similar, em muitos aspectos. Nenhuma das duas tende a picar quando retiram néctar e pólen das flores, mas ambas o farão para defender-se, se são provocadas. Um enxame em vôo, ou descansando momentaneamente, raramente molesta a gente; sem dúvida, todas as abelhas se tornam defensivas quando se estabelecem para formar uma colmeia e começam a reproduzir-se.

CARACTERÍSTICAS DAS ABELHAS EUROPEIAS E AFRICANAS

  • São praticamente iguais no aspecto

  • Protegem a colmeia e picam para defender-se

  • Podem picar apenas uma vez (cada uma)

  • Têm o mesmo tipo de veneno

  • Polinizam flores

  • Produzem mel e cera

CARACTERÍSTICAS DAS ABELHAS AFRICANAS

  • Respondem rapidamente e atacam em enxames

  • Se sentem ameaçadas por pessoas e animais a menos de 15 m da colmeia

  • Sentem vibrações no ar até a distância de cerca de 30 m da colmeia

  • Perseguem os intrusos por cerca de 400 m ou mais

  • Estabelecem colmeias em cavidades pequenas e em áreas protegidas, tais como: caixas, latas e baldes vazios, carros abandonados, madeira empilhada, moirões de cercas, galhos e ocos de árvores, garagens, muros, telhados, etc.

CUIDADOS GERAIS PARA EVITAR PICADAS DE ABELHAS

colméia de abelhas africanas

  • Use roupas claras, pois as escuras atraem as abelhas

  • Não use perfume, sabonete, loção pós-barba e spray fixador para cabelo

  • Evite movimentos bruscos e excessivos quando próximo à colmeia

  • Não grite: as abelhas são atraídas por ruídos, principalmente os agudos

  • Evite operar qualquer máquina barulhenta próximo à colmeia

  • Preste atenção ao zumbido característico de um enxame

  • Tenha cuidado ao entrar em local que possa abrigar colmeia

  • Examine a área de trabalho antes de usar equipamentos motorizados

  • Idem, idem ao amarrar animais domésticos ou gado

  • Mantenha-se alerta ao executar as práticas culturais

  • Para remover colmeias, chame os bombeiros, um apicultor ou firma especializada

  • Ensine as crianças a se precaverem e não molestarem as abelhas

  • Pergunte ao Médico sobre Primeiros Socorros e o que fazer se for alérgico a picadas

  • Observe se há abelhas entrando ou saindo do mesmo lugar

 


OS ESPECIALISTAS CONCORDAM QUE O MELHOR MÉTODO PARA ESCAPAR DE UM ATAQUE DE ABELHAS É COBRIR A CABEÇA E CORRER PARA UM ABRIGO.


cubra a cabeça Como regra geral, mantenha-se afastado de todo enxame ou colmeia. Se encontrar alguma, afaste-se imediatamente. Ao correr, trate de proteger o rosto e os olhos, tanto quanto possível. Refugie-se num carro ou casa. A água (mergulhar no rio) e a vegetação densa não oferecem proteção suficiente. Não fique parado e nem trate de sacudir-se ou afugentá-las: os movimentos rápidos (e os sons agudos) provocam que as abelhas piquem.

capuz para a cabeça Ao ser atacado, se você não tiver um pano (lenço, toalha, etc.) para cobrir a cabeça, faça-o com a própria camisa. As picadas nas costas e no peito que você deverá levar serão menos graves do que as que ocorreriam no rosto.

Uma medida preventiva recomendável é levar sempre no bolso um capuz de pano ou de tela de mosquiteiro.

EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

 Os Equipamentos de Proteção Individual - E.P.I. utilizados no trato com as abelhas compõe-se de chapéu, capuz, macacão, luvas, fumigador, botas, etc. Praticamente só são utilizados por apicultores e equipes especializadas em remoção de colmeias, seja do Corpo de Bombeiros ou de firmas especializadas no controle de insetos.

O capuz citado logo acima, seria um EPI recomendado para o agricultor comum.

O QUE FAZER APÓS TER SIDO ATACADO POR UM ENXAME DE ABELHAS

Os efeitos das picadas das abelhas variam de intensidade, na dependência do número de ferroadas e da sensibilidade do indivíduo ao veneno.

Quando perturbadas, as abelhas emitem um feromônio de alarme (iso-pentil acetato) e altas concentrações são depositadas com o ferrão no local da picada. Uma só abelha pode armazenar 0,1 mg de veneno e até 500 ferroadas (ou bem menos se a pessoa for alérgica) podem ameaçar a vida de um adulto.

 


O VENENO DA ABELHA É UMA SUBSTÂNCIA (NA VERDADE, VÁRIAS) QUE PENETRA NA PELE COM O FERRÃO.


O veneno contem diversos componentes. Os de princípio mais ativo são: histamina, melitina e duas enzimas: hialuronidase e fosfolipase.

O veneno apresenta 3 efeitos no organismo:
a) neurotóxico --- atua sobre o sistema nervoso;
b) hemorrágico--- aumenta a permeabilidade dos capilares sanguíneos;
c) hemolítico --- destrói os glóbulos vermelhos do sangue.

COMO O VENENO SE MANIFESTA

  1. Forte dor, nos primeiros 2 a 3 minutos, proporcional ao número de picadas e conforme o local do corpo

  2. Inchação mais ou menos acentuada, de acordo com o local do corpo atingido

  3. Vermelhidão no local da ferroada

  4. Coceira local ou generalizada (nas pessoas alérgicas)

  5. Aumento da temperatura corporal, principalmente no local da picada

  6. Falta de ar (dificuldade de respirar)

  7. Os lábios adquirem cor azulada (em casos de alergia)

PRIMEIROS SOCORROS

Uma pessoa alérgica vai apresentar os primeiros sintomas 3 a 4 minutos após receber a(s) picada(s): dificuldade de respirar, pele avermelhada e até desmaio. Nesses casos, o melhor é não tentar atender em casa, mas levá-la ao Hospital para os Primeiros Socorros, o quanto antes.


Produtos orgânicos   Soja orgânica   Holismo   Passagens de promoção   Antropologia Social   Lendas folclóricas   Ikids   No radar     ArteFinal     Contato